Debate iniciado por Rafael Revadam, em 5 anos atrás
Hoje comprei um caderno sabendo que já tenho tantos. Hoje comprei um caderno sem ao menos ter o que escrever nele. Hoje comprei um caderno apenas para olhar suas folhas em branco e perceber que há muito o que fazer.

Confesso que ao ler esse blog, sinto um enorme prazer. Talvez porque dentre as inúmeras tentativas de blogs que fiz, este foi o único que funcionou adequadamente como blog – um desabafo. Se tivesse que refazê-lo, confesso que mudaria o título e o subtítulo, pois estes são dignos de novelas mexicanas, e nos posts colocaria mais imagens e vídeos, para torná-lo mais dinâmico.

Mentira.

Descobri que esse tal de “Correndo atrás de um palco”, nada mais é que uma metáfora. É o desejo de todos os seres humanos. É o sucesso.

Há dois anos criei um desabafo para os meus sonhos. Um canal que servisse para sair de minha cabeça os meus anseios. E por mais que eu ficasse surpreso com a participação de outras pessoas, este projeto é meramente minimalista. É egoísta, único, eu.

Na minha atual situação, tenho mais sonhos que há dois anos atrás. Sonho em ser jornalista. Em ser ator. Em ser escritor. Em ser tudo aquilo que eu possa ser.

Não me vejo com riquezas ou luxo, me vejo mais com sangue. Quero mais batalhas do que resultados finais. Faz sentido?

[continua em: http://correndoatrasdeumpalco.wordpress.com/ ]
Você precisa se tornar membro do grupo antes de participar de uma discussão.