Pela valorização do teatro

Não é de hoje que se sabe que fazer teatro no Brasil não é nada fácil. Acontece que cada dia que passa, está ficando mais difícil fazer teatro. É chegada á hora de se fazer algo em prol do teatro, queixas já não basta.

 

A classe artística precisa se unir em busca de uma unidade na questão da valorização do teatro, pois, todos nós, corremos o risco de perdermos o nosso espaço pouco a pouco. Depois, de nada vai adiantar reclamar.

 

Hoje o teatro quase não tem espaço na mídia, aliás, para falar a verdade, nun-ca teve, não é mesmo? Mas, quanto mais viramos as costas para o movimento e pensamos apenas em nossas produções, mas afastados do teatro nós vamos ficando.

 

A valorização do teatro só tem a fazer bem à todos, não tenho dúvidas. Sei até que alguns poucos ”don quixotes”, já estão articulando um movimento para essa valorização, o que é muito bom. O que precisamos? É nos juntar à eles. Um intercâmbio maior entre grupos, artistas, diretores e dramaturgos, pode ser muito sadio e contribuir sobre maneira para essa valorização.

 

A força do teatro é imensa, mas parece que nós, que estamos envolvidos com ele, não percebemos, por isso, é que alguns poucos empresários, tem tomado conta das produções teatrais, canalizando para si, incentivos fiscais e fazendo dele, uma arte extremamente comercial que só visa o lucro.

 

É claro que o dinheiro é importante no teatro, quiçá fundamental para manter viva a sua chama, mas não pode ser só isso. O teatro é uma arte que é feita em cada canto do Brasil, muitas vezes com dificuldades, então, é chegada a hora de ser mais valorizado.

 

Que cada grupo, profissional, amador, ou estudantil levante a bandeira da valorização do teatro. E que em cada canto do país, mais e mais pessoas tenham a oportunidade de experimentar o teatro. Só assim faremos dele, uma arte cada vez mais popular.

 

Deixe seu comentário


Código de segurança
Atualizar