O que o público quer?

Muito se tem falado da crise nas telenovelas brasileiras. Muitos apontam à falta de criatividade, outros, que existe um leque maior de opções, uns até já pregam o fim das novelas na televisão, mesmo que nenhuma das emissoras que as produzem, ventilem qualquer coisa sobre o assunto. Mas talvez o problema esteja com o público.

 

Não que o público brasileiro tenha se cansado de assistir novelas, visto que a audiência, mesmo que em queda, ainda representa a maior fatia de telespec-tadores em um canal de TV. Talvez, o problema possa estar em não perceber o que realmente o público esteja interessado em assistir na telinha.

 

A repetição de temas, elencos, remakes, fórmulas batidas, parece ter cansado o telespectador ao ponto dele trocar a televisão por outra coisa. A lógica de uma telenovela é previsível e o público, principalmente o mais jovem, não se vê seduzido por algo tão óbvio, com finais sempre iguais e que contam histórias nada interessantes.

 

O público, hoje em dia, talvez nem esteja tão interessado em mocinhas despro-tegidas em busca de um príncipe encantado. Talvez, nem se identifique com os heróis de caráter ilibado, nem por tramas de histórias comuns exaustivamente repetidas. Quem sabe já esteja cansado do jeito que essas tramas vêem sendo contadas? Identificar o que o público quer, talvez venha a ser o novo pulo do gato.

 

O hábito de assistir novelas já está arraigado no âmago do povo brasileiro e isso, não se perde da noite para o dia. Assistir novelas faz parte do dia-a-dia do brasileiro quase que até instintivamente. Dizer que simplesmente o povo deixou de gostar de assistir novelas é tapar o sol com a peneira.

 

Eu, enquanto telespectador, não me vejo lá muito interessado em assistir a maioria das novelas veiculadas atualmente na TV e isso acontece também com as pessoas que me cercam, por certo, esse também pode ser o motivo do êxodo que vem acometendo as novelas brasileiras, o puro desinteresse de acompanhar uma novela. E por quê?

 

Recuperar o interesse do público em acompanhar uma novela, passa por levar à telinha, histórias que esse público queira ver de fato. Temas e tramas que o arremate pelo simples interesse pode ser um começo. Ás vezes, ouvir a voz rouca das ruas é bem melhor do que acreditar na receita de uma mesma história por vezes repetida.

 

Novela é feita para o telespectador e se esse telespectador já não vê interesse em assisti-la é sinal que o problema não é no formato da novela e sim, no conteúdo e na forma que essa novela se desenrola, pois já não está atendendo o que esse público quer.

Deixe seu comentário


Código de segurança
Atualizar