E viva o Teatro!

Abrem-se as cortinas para mais um dia de espetáculo, mas também pode ser uma noite, ou uma tarde ensolarada, ou mesmo de chuva. Sobre um palco, mas também pode ser em uma praça, em uma rua, até mesmo em um ônibus, alguém se propõe a divertir, distrair, provocar, comover, emocionar, questionar, faz pensar, refletir, faz vaiar ou até mesmo aplaudir. Esse é o ator, na dura luta diária de levar o Teatro até onde o povo está; como já dizia a canção.

 

Isso é o Teatro, meio pobre, meio rico, meio rejeitado, meio deslumbrado, meio cafajeste, meio sedutor, quase sempre sem ter importância, mas ao mesmo tempo, sempre encantador. Isso é o Teatro que vive sob os holofotes dos atores famosos, ou que passa despercebido quando encenado pelos atores anônimos que fazem desta arte um sacerdócio. Isso é o Teatro, de montagens profissionais com tudo do bom e do melhor, ou de montagens simplórias com atores amadores, mas não menos adoradores deste fascinante sedutor.

 

A alegria de ser parte integrante do Teatro, não se resume a uma data especial. Nem a discursos de protestos inflamados, nem a reclamações e lamúrias, muito menos a pedidos de migalhas, quase sempre ignoradas pelo poder público. O Teatro transcende a uma data para movimentações e mobilizações que quase nunca ecoam mais do que o dia seguinte.

 

O dia do Teatro é todo dia. Todo dia, em algum lugar, sempre tem e terá alguém fazendo desta arte a sua razão de viver. E todo dia, a cada dia, há e haverá alguém que faz do Teatro uma festa, não apenas em uma simples data para comemorar, aliás, pouco há para isso. Quem vive o teatro, o festeja todos os dias.

 

Não se pode esperar por uma data para se fazer notar, o Teatro tem, por si só, esse poder. É através do teatro que conhecemos as entranhas do ser humano, que desnudamos os políticos corruptos, que fazemos graças com os desvios alheios e que caçoamos dos nossos problemas, que questionamos e clamamos os nossos deveres e direitos, que criticamos, que manifestamos e que fazemos festa, a festa para o Teatro.

 

Então, parabéns para quem faz festa para o Teatro todo dia, toda noite, toda tarde, sobre um palco, em uma praça, em uma rua, em um ônibus, pois, anteontem, ontem, hoje, amanhã, depois de amanhã, depois de depois de amanhã, é dia de Teatro. Mas, quem faz questão de um dia para comemorar, um Feliz dia mundial do Teatro!

Deixe seu comentário


Código de segurança
Atualizar