Entre o sonho e a realidade

Há uns tempos atrás escrevi um artigo cujo título era “Eu quero ser artista”, o qual tratava da busca desenfreada e quase sem medidas que as pessoas hoje em dia têm para se tornarem artistas. O que pude perceber é que o sonho está se sobrepondo a realidade. E isso é preocupante!

Na minha opinião está se criando muita expectativa em cima de uma profissão que se destaca pela necessidade de muito estudo, ensaios e muita prática, aliás, como todas as outras profissões, exige-se dedicação plena para o seu exercício. Mas, virar artista hoje em dia é sinal de status.

A minha preocupação é com os inúmeros jovens que buscam quase que alucinadamente e muitas vezes até com o apoio desmedido dos pais, algo que pode ser efêmero e causar marcas profundas nesses jovens. Pois, é claro e notório, que muitos só querem ser atores e atrizes para trabalharem na “Globo”.

É fácil de se notar na mídia, exemplos de jovens que conhecem o caminho da fama, do sucesso, da popularidade, e que ao caírem no ostracismo, perderam completamente a noção do certo e do errado, se sujeitando a todo tipo de trabalho, e muitas vezes acabam se entregando às drogas, e se envolvendo invariavelmente em polêmicas, apenas para se manterem em evidência.

Há de se tomar muito cuidado quanto a essa questão de querer ser artista e viver da arte, principalmente em um país como o nosso, onde a cultura é quase sempre relegada a um segundo plano e onde os artistas que fazem arte no submundo, longe das lentes da televisão, são quase sempre, desprestigiados.

Tudo bem, todo mundo tem direito a sonhar, mas há de se encontrar um equilíbrio entre o sonho e a realidade, pois são poucos os que conseguem construir uma carreira de sucesso e passam a ser respeitados como artistas de verdade, alcançando assim, um nível de estrelato. A menos que você, que sonhe indiscriminadamente em ser artista, se submeta a algo do tipo “Big Brother”, ou coisa do gênero, para se tornar artista a qualquer custo!

Querer ser artista, vai muito além do sonho, por isso, se você sonha em se tornar um artista, procure encarar essa profissão como a de um médico, de um advogado, de um contador, de um jornalista, há de se ter muita seriedade, disciplina, e acima de tudo, a consciência das dificuldades, pois o “ser artista”, não vai lhe garantir um emprego na televisão e nem vai te trazer um sucesso meteórico, a não ser em algumas exceções que só o acaso pode proporcionar.

O equilíbrio entre o sonho e a realidade está em ter a consciência da capacidade que se tem, do caminho que se vai percorrer e do objetivo que se quer conseguir. Ser artista, apenas para poder aparecer na televisão, não é suficiente, e acabará lhe levando à uma vida de frustrações e infelicidades.

Então, dê asas aos seus sonhos, mas não perca de vista a realidade de um lugar seguro para pousar se alguma coisa não sair como foi sonhado.

Deixe seu comentário


Código de segurança
Atualizar