A tênue diferença entre ser atriz e ser famosa

Uma mãe conversando comigo.
A filha dela tem 18 anos, é loira, alta e falsa magra. A mãe em questão estava esperando a filha em questão durante um teste que  coordenei.  A menina não tinha lá a melhor cara do mundo por estar sendo submetida àquele teste. Mas estava ali, com texto decorado, roupa passada e arrumadinha, combinando o brinco com o cinto e o sapato.

Uma adolescente normal, com cara de "tô nem aí pra tudo isso" ansiosa para ir embora. A mãe timidamente se aproxima e sem timidez alguma me sonda.

Mãe: Você que está coordenando os testes?

Eu: Sim Senhora. Está precisando de alguma ajuda?

Mãe: Não não… Está vendo aquela ali? É minha filha. Tem um talento que poucas têm!

Eu: Hum, que bom!!! Então ela vai tirar esse teste de letra!

Mãe: Pois é! Olha ela… não está preocupada como as demais meninas. Percebe que ela está super tranquila?

Eu: Percebo, claro. E isso é ótimo. Sempre quem está mais tranquilo faz um teste melhor ainda. A ansiedade e o nervosismo só atrapalham!

Mãe: Ah, minha filha nunca fica nervosa em teste! Ela nasceu pra isso e o talento é tão grande que você nem imagina! Quando tinha 4 anos já se vestia de Xuxa e fingia que era Paquita, você acredita? Dançava igualzinho…

Eu: Que bonitinha, todas as meninas desta idade um dia, quiseram ser paquita.

Mãe: Mas ela é diferente. Quando fez 8 anos foi aprovada num teste pra um comercial mas no dia da gravação passou mal. Não pudemos gravar, você acredita!? Mas logo depois ela também fez um teste pra ser a filha da protagonista de uma novela da Globo e ficou entre as finalistas. Na verdade a criança que fez o papel era amiga do sobrinho do diretor. Eu sei que ela só ganhou por isso e que minha filha, com todo o talento é muito melhor!!!

Eu: Hurum, que ótimo! É difícil ver as mães apoiando a carreira de uma adolescente como a Senhora faz.

Mãe: Ah eu apóio mesmo. Você sabe que semana passada a agência chamou ela pra um teste na Malhação? Ela se saiu muito bem. Eu liguei lá pra saber dos resultados mas me disseram que ainda não têm previsão.. Você sabe como é né… Ah… fiquei tão orgulhosa de ela fazer teste pra Malhação. Imagine que entre as 60 pessoas da caravana que foram pro teste ela foi a segunda a ser chamada pelo diretor?

Eu: Que bom.. Mas a Senhora sabe que a ordem do teste não é medida pelo talento, né? A gente não conhece todo mundo que entra pro teste…. ou seja… a coisa acontece de maneira aleatória…

Mãe: Sei sim, claro que sei. E só pra garantir, encostei no diretor e disse que era mãe dela, que estamos disponíveis pra sair de São Paulo e morar no Rio caso a Globo a contrate. Porque sei que uma hora ela vai conseguir. Já é o terceiro teste que a Globo chamou-a pra fazer!

Eu: Nossa, que ótimo! A Globo mesmo que chamou? A própria produtora de elenco que ligou?

Mãe: Não não.. foi a agência né.. Depois que percebi que ela realmente tem muito talento juntei dinheiro pra ela estudar teatro, sabe! Dizem que estudar teatro é importante porque a pessoa aprende a improvisar, a ficar com o pensamento mais rápido. Na realidade quero muito que ela faça TV porque ela é muito bonita e tem perfil… mas precisa estudar teatro, né? Fazer o que!!

Eu: Sua filha fez teatro onde?

Mãe: Não fez ainda, nasceu com dom. Está começando a estudar apenas agora. Semana que vem ela vai fazer um teste na Rede TV pra o Teste de fidelidade. Ah, tem que começar por algum lugar, você não acha?

Eu: Não, eu não acho. Mas isso pouco importa… sua filha está estudando onde?

Mãe: Ela estuda com o Beto Silveira. Entrou há poucos dias. Mas está adorando e sei que, em poucos dias será o destaque da classe.

Eu: Que bom ter uma filha de tanto talento, não é mesmo? Sua filha quer ser atriz de TV?

Mãe: Hum.. pode ser também. Ela quer fazer qualquer coisa na realidade. Sendo artista está valendo.

Eu: Entendo. Então, vamos fazer o seguinte? Chame sua filha, quero que ela faça o teste em primeiro lugar.

Mãe: Ah que ótimo. Eu sabia que comigo aqui conversando com você ela seria o destaque deste teste.

Eu: Senhora, estou pedindo apenas pra que ela faça o teste primeiro. Eu realmente não quero ser  protecionista. Só preciso de uma ordem pro teste começar.

Mãe: Ah claro. Com certeza. Em um minuto você vai perceber a filha que eu tenho. Sou tão orgulhosa, sabia?

Eu: Sim, notei. Deve ser gratificante ser orgulhosa dos filhos assim…

Mãe: Ah e o caçula vai ser modelo. Estou apenas esperando que cresça um pouquinho pra levar na agência. As pessoas param no supermercado pra me dizer que ele é a criança mais linda que todo mundo já viu!!!

Eu: Parabéns então pelos filhos lindos e talentosos! Mas, desculpe a pergunta..  a Senhora.. é atriz?

Mãe: Não não… Sou dona de casa.

Eu: Eu acho que existe uma dignidade ímpar em ser mãe e tocar com maestria uma casa.

Mãe: Eu não acho e detesto.. você sabe.. meu sonho era ser atriz!!

Moral da história:
Eu sabia que ela queria ser atriz.
Eu imagino que ela não tenha conseguido.
Eu vi que ela coloca esta frustração em cima da filha dela.
A filha dela fez um teste mais ou menos porque na verdade quer fazer vestibular pra Medicina.
E é desta forma que a arte é colocada: não sabe-se se atriz ou famosa.
O importante é rifar.
 
mail me: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

MSN: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Deixe seu comentário


Código de segurança
Atualizar