Peças de teatro
Início Buscar peças Enviar peça

Ladra que furta ladra não merece pancada

- Publicidade -
Escrita no verão de 2004, pelo dramaturgo Paulo Jorge Dumaresq, a tragicomédia Ladra Que Furta Ladra Não Merece Pancada expõe e desnuda o universo hipócrita da classe média alta, a partir da prática de furtos entre pessoas de padrão de vida elevado, apresentando de forma bem-humorada as idiossincrasias inerentes àqueles atores sociais. Depois de manhã gloriosa, a adolescente cleptomaníaca, Michele, retorna do shopping center com o irmão Bruninho, trazendo produtos de furtos, sobretudo colar de diamantes. Delatada pelo irmão à mãe, a dondoca Regina, Michele assume a roubalheira para, mais tarde, voltar a praticá-la durante jantar oferecido pelo empresário e pai, Clemente, à colega de ofício francesa Marie-Antoinnete Du Maresq Platini. Dessa feita, a adolescente furta o colar de esmeraldas da ricaça, em cumplicidade com o irmão Bruninho, que, a essa altura, já garantira o par de tênis importados subtraídos de loja do shopping center. Por seu turno, madame Platini é flagrada com vários objetos furtados do apartamento naquele fatídico jantar. Descobertos os furtos e instalado o conflito, a francesa entra em luta corporal com Michele, quando essa joga aquela pela janela do prédio para a morte. A trama ainda apresenta a doméstica Cacilda, a mesma personagem de Os Patrões, e o assistente de porteiro, Inocêncio, que, como o próprio nome revela, não atenta para o crime ocorrido no prédio. Com a morte de madame Platini, a paz e a harmonia voltam a reinar na família, que faz planos para a venda do colar de esmeraldas. Tudo como manda a boa regra do cinismo e da hipocrisia. {ultimatesocialbuttons}
Baixar a peça
Downloads: 2811 | Tamanho: 85.5 KB
Download
Autor: Paulo Jorge Dumaresq
Gênero: Tragicomédia
Personagens: 7
Licença: Direitos ReservadosTooltip

Link quebrado ou conteúdo impróprio, mal formatado, mal escrito ou em desacordo com nossas regras? Clique no link a seguir: Denunciar essa peça